terça-feira, 29 de abril de 2008

30 anos

Trinta anos. São os anos de diferença que faço do meu filho. Três décadas.
Apercebi-me disso ontem à noite e como não conseguia dormir, o pensamento seguinte foi: são também três décadas de diferença que tenho da minha mãe e do meu pai. Os avós do M.
Pensam que esses anos todos pesam? Não. Os meus pais são de uma energia contagiante, sempre a querer fazer 1500 coisas ao mesmo tempo. Essa diferença não se reflecte porque são pessoas muito abertas e presentes na vida das filhas (e agora dos netos). São a mão preciosa a quem posso sempre recorrer, são as histórias e as cantorias, os conselhos e a sabedoria de quem já viveu muito e tem muito para viver. E posso dizê-lo sem quaisquer reservas: são fundamentais no crescimento do M. e no homem que ele será.

8 comentários:

BE disse...

Mais uma vez, parabéns aos dois. :)
*

Ana Parra disse...

Parabéns
Parabéns aos dois.
Já venho a seguir o vosso blog já algum tempo, o filhote está cada dia mais giro.
Bjs

Sofia Quintela disse...

Muitos parabéns, também estou quase lá!!!!

Claudia_peixinha disse...

Parabens pelos 30 anos para mim foi sem dúvida uma idd maravilhosa...Descobri a maternidade tal cm tu .

Bem hajam as familias unidas em que pais/filhos/netos têm uma vivencia saudável e feliz.

Parabens!E muitas felicidades.

ritaR disse...

parabéns!
:-)

Alexamaral disse...

Uma bonita homenagem aos avós do Manel. Mãe e filho estão de parabéns.

Charlotte disse...

Os anos de diferença não interessam, interessam sim, o respeito, a confiança e o valor humano das relações. Parabéns pela família, parabéns ao M. e a ti Sara:)

Sonia&Mi disse...

:)))
É a idade que nos trás a experiência,por isso são sempre bem-vindos.
PARABÉNS!!