domingo, 31 de agosto de 2008

Recomeço

Este mês de Agosto andámos literalmente com a casa às costas. 15 dias no Algarve, uma semana no Oeste e outra semana no campo. Durante estes 31 dias, devemos ter dormido cá em Lisboa 3 noites.
Foi também um mês em que notei um grande salto no M. Está muito despachado a andar, descalço ou calçado, na relva ou na areia, coberto de nódoas negras porque é um bocado brutamontes a brincar e quer ir a todo o lado onde não pode, a dizer já bastantes palavras e sons novos: pão, papa, lua, luz, hmmmm (quando vê comida), mmmmmm (quando vê uma vaca). Não é muito para a idade dele, mas no seu dialecto e entoação percebêmo-lo perfeitamente. Já come tudo sem ser passado mas o biberon nocturno continua.
O grande senão é que há dois dias ficou cheio de borbulhas pelo tronco todo e pescoço: varicela, sarampo, alergia, picada de insectos foram todas as hipóteses que pusemos. Hoje foi ao médico (que abriu o consultório propositadamente) e este disse que era algo viral, não contagioso. Sai de lá medicado com Zyrtec e Pruriced da Uriage e uma declaração que lhe irá permitir voltar ao infantário.
Amanhã é o grande dia, em que mudará de sala, terá novo babete (dos de plástico para começar a aprender a comer sozinho) e uma cama que não é de grades. Eu já estou com o coração apertado porque um mês inteiro com ele passa abruptamente para poucas horas diárias.
Se é também amanhã o vosso dia de regresso ao trabalho, pois bem, entrem com o pé direito.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

E ao 7º dia...

...Apareceu a mastite :( :(

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

15 meses

= 15 dentes
= 15 birras por dia!!
é uma fase, dizem-me, a ver... bah

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Já somos 3 :D

Depois de uma longa espera, o nosso Camarão nasceu mimoso e cheio de saúde. Como é normal, estamos absolutamnete deslumbrados!

Fomos para o hospital - serviço de obstetrícia do Hospital D. Estefânia - no dia 20 de Agosto de manhã, uma vez que o parto teria de ser induzido (a gravidez já ia com 41 semanas...). Lá chegados, fui internada. Contudo, devido ao fecho da urgência de obstetrícia do Hospital de Vila Franca de Xira e aos problemas no São Francisco Xavier, o serviço de obstetrícia da Estefânia estava a abarrotar de gente. Uma vez que o meu caso não era urgente, restou-me esperar.

Não contava era ter de esperar tanto, uma vez que o parto só começou a ser induzido às 7h da manhã do dia seguinte. Posso dizer que estas foram as horas mais longas da minha vida, uma vez que só queria que o trabalho de parto começasse e, por outro lado, sentia-me bem, pelo que estar deitada numa cama durante tanto tempo não era o que mais me agradava.

Mas as contrações lá começaram, a dilatação foi num instante, mas a expulsão foi mais complicada, uma vez que o cordão umbilical estava enrolado no Camarão (pelo que percebi). Mas às 3h07m de dia 22 lá nasceu o Camarão, cheio de saúde.

Das frases que nunca vou esquecer para a vida:

1. "Quando estiver a sentir contrações, respire como se estivesse a apagar as velas de um grande bolo de aniversário! " - Sempre que lá vinha uma, imaginava o grande bolo, cheio de velinhas; e

2. "Quando chegar a altura, faça força como se estivesse a fazer um grande cócó". Esta foi, sem dúvida, a frase que mais ouvi enquanto estava na sala de partos.

Destaco todo o pessoal do serviço de obstetrícia do Hospital da Estefânia, desde os médicos aos auxiliares. Muito eficiente, humano e competente. As instalações físicas também são excelentes.

E agora vou tratar do Menino :) :)

p.s. - obrigada pelos simpáticos desejos de felicidade :)

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

São quase duas da manhã

E, tanto quanto sei, a Pimpinelas já levou a epidural: 

O terceiro rapazola deste blog deve estar para nascer a qualquer instante!!
Se eu adormecer, e acordar tarde, pode ser que, entretanto, o Pai dê notícias mais frescas  ; )


edit:
JÁ ESTÁ :D
Os detalhes para mais tarde, quando a mãe puder.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Sobre os terrores nocturnos leio que

em português
(...) são uma alteração do sono frequente em crianças geralmente nas primeiras horas de sono (...) uma ou duas horas depois de ter adormecido, com um grito de pânico a que se segue um período em que manifesta grande ansiedade, com o olhar fixo, sudação, respiração rápida, aceleração dos batimentos cardíacos e movimentos descoordenados. A agitação dura alguns minutos e não cede às tentativas de conforto por parte dos pais - xiiiiiiiiii, eu corro, com o coração carregado de angústias, aos saltos e muito perto da boca, para o acudir com os abracinhus mais superlativamente amorosos que ostento e só levo empurrões e o diabo a sete, credo! - (...) Quando o episódio termina, a criança volta a adormecer e não se recorda do que se passou, quer seja acordada a seguir, quer na manhã seguinte. (...) aparecem por volta dos quatro anos e podem manter-se até aos doze anos, mas com uma redução gradual do número de episódios (...)
em inglês
(...) As many as 15 percent of children have night terrors at some point, typically beginning in the toddler years and continuing up to age 7 or even adolescence. An episode can last anywhere from two to 40 minutes, and when it's over your child falls back to sleep abruptly with no memory of the incident (...)

Concluo então que este Minúsculo ou é inglês ou já fez 4 anos sem eu dar por isso.
Ou devo culpar os dentes?  Esses patifes! ; )

É que também os culpo pela falta de apetite dos últimos dias, birras, mimos, ranhocas, assaduras, febrículas etc. 
Que eles têm costas largas e hoje já vi mais dois molares e um canino de fora, pfff

domingo, 17 de agosto de 2008

Eu viajava

Para todo o lado apenas com uma mochila às costas.
Agora é só malas e malinhas, sacos para isto e saquinhos para aquilo.
Que coisa, pah!, esta da maternidade, a puta de volta que me deu à vida, mas que bonitão me saiu o cabrão do puto

sábado, 16 de agosto de 2008

O regresso


chapchap, originally uploaded by juliana_way.

Depois de duas semanas no Algarve, mais particularmente em Manta Rota (nunca mas nunca vão para lá em Agosto porque é infernal) eis-nos de volta.
Praia todos os dias, comer conchas e areia, arranjar muitos amigos, andar de barco, apanhar conquilhas, tomar banhos na ria e andar, andar muito.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Das férias

Todos juntos na praia

familia M., originally uploaded by supertatas.

minúsculo&maiúsculo, originally uploaded by supertatas.

chinelos, originally uploaded by supertatas.


E ao monte, desarrumados no aparthotel : )

minúsculo&eu, originally uploaded by supertatas.

no wc, originally uploaded by supertatas.

Parto

Ainda não foi desta. Se não nascer até lá, nascerá dia 20 de Agosto, com 40 semanas e 6 dias.

Mais uma semana de espera...

sábado, 9 de agosto de 2008

13 de Agosto

Parece que, se ele estiver em posição, nascerá dia 13 de Agosto, quarta-feira.

:)

domingo, 3 de agosto de 2008

Comprei para o escritório

Um móvel de gavetinhas que, por ainda não lhes ter arranjado destino, estão vazias.
A tarefa preferida deste Minúsculo é tirá-las para fora e enchê-las com objectos, não ao acaso, claro!, mas por colecções; uma só com carrinhos, outra só com papeis ou canetas, outra, por exemplo, com o stock de toalhitas que foi buscar ao wc, enfim ; )


muito organizado, originally uploaded by supertatas.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

chupêtão novo

Merece tudo este rapazola!!


chupêtão novo, originally uploaded by supertatas.