quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Azares

Depois de duas semanas de repouso, fui trabalhar na segunda-feira. Correu tudo bem, só que na noite de segunda para terça-feira acordei com 38.5 C de febre. Estou com gripe.
O "cabaz" do bebé tem sido útil, já usei o termómetro (o meu estava avariado) e o soro fisiológico. Não consegui convencer o N. a desentupir-me o nariz com o Narinel :P sempre ia treinando.

Estes dias estou uma perita em séries de temática criminal, alternando entre o AXN e o Fox gratuito e reforcei a minha ideia de que a série "Donas de casa desesperadas" está claramente a ser "overrated".

terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

Update noticioso

A Sara, minha companheira nestas lides bloguísticas e pré-natais, já está recuperada daquilo que a obrigou ao seu repouso forçado, no entanto agora está doente; toda ela engripada e febril - o que no fundo vai dar ao mesmo, pois continua em casa. Faz muita peninha.
E eu, por cá continuo; com 26 semanas e meia, um par de sapatinhos novos e uns pés sobre-expostos - e encolhidos em tensão, que isto de estar com os pés juntos já me desequilibra ;)

no que diz respeito à 'UMP ("Universal Measurement of Pregnancy", i.e., folhinhas de papel higiénico) já cá canta um 9!

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

100 dias!?

É o que falta, já!? :|, olha que, realmente, o tempo passa a correr!
Parece que foi ontem que escrevia assim no meu diário:


Deslocava-me eu na marginal da Calheta, localidade de S.Jorge, com o intuito de comprar algo para um pic-nic almoçadeiro, quando eis que, completamente diluída na contemplação da magnitude da ilha em frente - o Pico, num dia invulgarmente descoberto - me perco num daqueles desníveis das tampas de esgoto e depois de um espalhafatoso malho hemorrágico me salta a ponta do dedão do pé direito :|
Agora - e contrariamente à constipação que nos assola, a mim e ao Amore, desde a noite que passámos ao relento no Pico do Pico e a sua descida à chuva - já está a melhorar :)

agosto^2006

A ironia das ironias está na ênfase dada ao dedo decepado, que hoje nem apresenta vestígios de tal acontecimento, e no menosprezo total da tal constipação que piorou, e foi piorando de tal maneira que essa sim, ainda hoje, e principalmente hoje e com tendência a exibir-se cada vez mais!, apresenta, e dos grandes!, um vestígio como este que ostento, agora!, com orgulho:

pregnancy

Às vezes espeto os dedos no umbigo para tentar comunicar :O
OH, Meu Deus! Sim, sim!Já falta muito pouco!
Acho que ainda não estou bem consciente do que se avizinha :$

domingo, 18 de fevereiro de 2007

Errrrrr :\









Devido a uma, hummm ligeira?, diferença de alturas foi muito complicado levar a cabo este duplo auto-retrato, pelo que então se optou por dividi-lo em dois ficando assim, mais ou menos fiel à realidade:
À esquerda a Sara com 28 semanas e à direita eu com 25, tão pipis :')

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Regresso às origens

Confirma-se que estou com contracções, ainda que não sejam muito significativas. Na terça-feira à noite fui ao hospital dos SAMS fazer um CTG e o médico recomendou-me repouso quase absoluto durante uns dias e comprimidos de magnésio.

Como não posso fazer esforços, e tal inclui cozinhar e assim, mudei-me para casa dos meus pais onde não me deixam de facto fazer rigorosamente nada a não ser estar na cama ou no sofá.
Não sou pessoa de gostar de não fazer nada, começo a ficar impaciente, sobretudo imaginando tudo o que tenho para fazer na minha casa e no emprego.
No entanto, aceito a inevitabilidade deste repouso: ou isto, ou o bebé nasce antes das 30 semanas, o que é um cenário a evitar a todo o custo.

Apesar de me sentir melhor, continuo de vez em quando a sentir um peso na barriga que desaparece poucos segundos depois.
Entretanto tenho a companhia inseparável e por vezes "lapa" dos cães dos meus pais, Pablo e Juliana :)

Photobucket - Video and Image Hosting
nesta foto, eu com a Juliana

O tamanho importa?

A minha é menor que as vossas todas!!
Às vezes, e tirando os dias em que vou ao médico ou às ecografias, e tirando os primeiros dois meses de enjoos infernais, e tirando os pontapés com que o gajito me brinda, dou por mim a desconfiar se estou realmente grávida :$
- A barriga parece estagnada; pouco cresce, uso a mesma roupa há imenso tempo.
- As mamas, pobrezitas, nem sequer as vejo nem sinto.
- A disposição é a mesma de sempre.
- A mobilidade é a mesma; continuo a dormir no chão, a sentar-me no chão, a andar de jeep velho, a dormir de barriga para cima sem sentir pressões em lado nenhum, a andar horas a pé, a ficar horas em pé, etc etc sem sentir que faça qualquer tipo de esforço.
- Os quilos continuam a cair; já lá vão 7 :|
Não me estou a queixar - reparem, porque me sinto uma verdadeira abençoada e tenho até medo que o "divino" me castigue de eu estar a falar nisto, e espero sinceramente que assim continue até ao fim e que o parto esteja dentro dos mesmos parametros: aí poderei dizer que nasci para parir :| - queria apenas saber se há mais alguém por aí como eu, há?; porque se às vezes nos assustamos por estarmos enormes ou a sentir isto e aquilo às vezes também nos "assustamos" de não sentirmos grande coisa, se é que me entendem :$
E afinal, 25 semanas quantos meses são?? Esta merda das contas continua a baralhar-me >:(
E isso dos desejos é um mito urbano, não é??
Ontem fui visitar a Sara - agora sim, podemos realmente chamar-lhe Saritão, que está tão grande e robusta :') - e estava animadita qb, mas algo impaciente, no seu repouso forçado.
Folgo, muitíssimo, em saber que finalmente a MI se resolveu a nascer, e logo num dia bonito como o do amore, confesso que já estava a ficar nervosa com a indecisão dela. Foi a primeira bêbê que segui, nesta saga bloguística de gravidezes, a nascer: vejo-a como uma espécie de messias :)

terça-feira, 13 de fevereiro de 2007

27 para 28 semanas

Desde que fui ao médico na sexta-feira que as coisas não estão a correr tão bem. Soube que estava com uma forte anemia, razão pela qual estou a tomar um suplemento de vitaminas e ferro e de domingo para segunda tive o que penso serem contracções, daquelas a sério: espaçadas, que doem e que me deixaram feita num oito.
Hoje, a ir para o trabalho , subindo umas escadas e já depois de ter subido a minha rua, senti que ia ter um enfarte, tal era o ritmo cardíaco e a agonia que estava a sentir.
Isto deixa-me um bocado triste porque, a continuar assim qualquer dia vou para casa, em repouso.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007

Do enxoval

Não é que precise de grande coisa, na realidade não preciso de quase nada visto que tive a felicidade de herdar praticamente tudo, do bom e do melhor e em excelentes condições, mas uma pessoa, até porque, ou só porque, é irresistível, não se coíbe de comprar sempre mais algumas coisinhas :$
No entanto chateia-me que as coisas para os primeiros meses dos rapazolas, e claro, já se sabe que para menina há sempre mto mais variedade de coisas, sejam sempre tão lindinhas e amorosinhas e azulinhas bébézinhas e que haja tanta falta de variedade de cores e feitios, chateia-me esta falta de originalidade dos 'estilistas'.
CHATEIA-ME!!!! >:(
Encontrei estas coisas assim, menos convencionais, dentro do universo limitadíssimo masculino, na H&M e outras na Zara e agradecia que, caso conhecessem outras lojas, com relação originalidade-qualidade-preço aceitável, mas recomendassem.
Obrigada :)

26 semanas

Photobucket - Video and Image Hosting

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007


tatas^fevereiro^2007