terça-feira, 27 de março de 2007

De volta ao elevador para retratos assim:

Com calças que comprei às 16 semanas e que agora, às 30, penso que não durarão muito mais.

Ontem já fui buscar os resultados das análises e eis que me deparei com todos os valores abaixo dos limites minimos; a glicémia por exemplo, em jejum está nos 60 quando deveria estar entre os 70 e os 110. E depois de beber 100 gramas de glicose, aos 60 minutos subiu para 127, aos 120 para 86 e finalmente aos 180 para 118, vá-se lá perceber isto :| A Hemoglobina, essa putinha, tb desceu bastante, dos minimos e das análises anteriores. Anfan, vamos lá ver o que o Soutôr nos dirá na próxima consulta que eu, nos intervalos, delicio-me a comer kit kats!!! Eu sei, eu sei que não penso noutra coisa :$
Também já fiz mais duas sessões de fisioterapia e estou-me a sentir-me bem melhor da minha disfunção da pelves, o que é muitíssimo agradável :')
Entretanto este fim-de-semana já comecei finalmente a trabalhar no quarto do repolho.
<------- aqui fica um registo: Sr. Custódio sentado na poltrona :')

segunda-feira, 26 de março de 2007

Organização


roupas, originally uploaded by juliana_way.

Agora que estou em casa tento ocupar o meu tempo da melhor forma possível.
Como não posso fazer esforços, hoje estive a escolher as roupas do bebé para levar para a maternidade e a pôr em "envelopes".

Aos poucos quero ir organizando a casa para não ter de me preocupar quando o bebé vier para casa, o que, não sei porquê, tenho a sensação que será mais cedo do que o previsto.

sexta-feira, 23 de março de 2007

Em casa outra vez


coelhinho, originally uploaded by juliana_way.

Pois é, desta é de vez. Depois de novas contracções, cá estou de novo em casa e em princípio já não devo voltar a trabalhar.
Apercebo-me que para tratar de uma baixa neste país é necessário ser doutorado em burocracia inútil e ter alguém que ande de um lado para o outro a tratar das 29837 declarações necessárias.
Até 1 de Maio (data mais provável para o parto) vou tratando do que falta aqui em casa, sempre com muita calma e não fazendo esforços.
Quase de 33 semanas...

O meu i-pod e eu


Chegámos ontem ao laboratório das análises, para a secante curva da glicémia, eram 8.50, aquilo abre às 8.30 mas eu cheguei um pouco tarde porque fui devagar-devagarinho a pé por ali fora, e, claro, já estava uma enorme fila quando cheguei; como tal comecei a tirar sangue e a fazer xixi APENAS às 10.30, e depois às 11.40, e depois às 12.50 e depois às 14.00 :| Foi atrasando 10 minutos em cada tomada porque ora eu estava cada vez mais mal disposta de estar em jejum ora tinha hemorragias do bracinho esquerdo e sujava-me toda de sangue ora, com o barrigão, não acertava no pote do xixi!
Enfim. Saí de lá fui logo comer porcarias e chocolates >:(
Entretanto à tarde fui ao osteopada ver da disfunção da sínfese púbica, fiquei a saber então que é algo mto comum nas grávidas principalmente devido a uma má postura, de defesa, adoptada à medida que a barriga vai crescendo e pesando cada vez mais, mas que tem sempre uma causa específica que pode ser tratada com relativa facilidade, consoante os casos, através de algumas sessões de fisioterapia, e, claro, algumas restrições e cuidados básicos no dia-a-dia.
Assim sendo a minha disfunção é causada por uma contracção dos tendões que fazem a ligação da pélvis às pernas pelo interior das coxas, cujo nome não sei pronunciar, muito menos escrever, quanto mais lembrar-me :$. Mas bom, ontem o senhor já mos pôs no lugar, depois de uns gritos da minha parte - aiiiiii que não devia era ter vindo - para me aliviar e evitar dizer asneiras e chamar-lhe nomes, encheu-me de recomendações - não posso carregar peso nenhum, tenho que andar sempre (ou o mais possível) de mãos a abanar; não posso andar mais do que 20 minutos seguidos a pé; se dormir de lado não posso dispensar a almofada entre as pernas e não posso deixar de usar a cinta de sustentação quando vou andar - e hoje tenho a primeira sessão de fisioterapia. Posso, contudo, continuar a fazer coisas que me deixam muito feliz, confortável e sastisfeita como: sentar-me em siddhasana sempre que quiser e até todo o dia se me apetecer :') e continuar a dormir de barriga para cima com as perninhas abertas tal e qual um sapinho dissecado se me apetecer também :'). E posto isto, para finalizar este tópico, depois da fisioterapia e tendo em conta todas as recomendações não haverão razões para piorar de novo.
Agora passando a outro tópico, fazendo um pequeno upedeite da semana atribulada que hoje finda, dou-vos conta da situação da Sara, minha parceira neste blougo:
Pois que está definitivamente em casa, com uma baixa por gravidez de risco, por ter ido parar de novo ao hospital com contracções na passada terça-feira.
E aqui vos deixo o retrato que lhe tirei já no final do CTG, já bem dispostita com o sorriso que o povo gosta de ver :')

segunda-feira, 19 de março de 2007

Abrandando o ritmo

Agora, chegada às 29 semanas vejo-me obrigada a abrandar o ritmo perante a hipótese de uma disfunção da sínfese púbica, i.e.:
"é uma dor que afecta a sínfise pubica, mesmo em frente à bexiga. dado que no final da gravidez os ligamentos à volta das articulações ficam frouxos, os 2 ossos pubicos podem roçar um no outro, causando-lhe desconforto quando caminha e, sobretudo quando faz esforços, quando roda as pernas etc etc (...) deve poupar-se porque se os dois ossos púbicos se separarem realmente um do outro, a dor pode ser realmente muito forte obrigando-a a ficar de repouso na cama e limitar todas as suas actividades, precisando até muitas vezes de muletas para se descolar." :| :|
posto isto, e para evitar o pior e tentar ter bom astral, comprei uma cinta de sustenção extra anti-stress, que me alivia bastante para além de me ficar enorme no rabo que não tenho ;) e decidi-me a não vir trabalhar mais após o final deste mês - metendo férias antes da baixa (porque me começa a custar carregar a mala do computador, subir e descer do carro etc) e até porque:
pregnancy cartoon
:D

sexta-feira, 16 de março de 2007

Chocada

Ontem, ao ler a reportagem que a VISÃO escreveu acerca da mulher que raptou uma bebé no Hospital de Penafiel, fiquei chocada com a forma como a situação foi abordada.A mulher raptora (Alice) é claramente desculpada e a sua imagem lavada nesta reportagem ao passo que, a família da bebé é de tal forma enxovalhada que o leitor menos atento se perguntará quem cometeu o crime aqui.

O texto vem cravejado de pequenas pérolas como (citando de memória) "a pequena Andreia vai passar de uma casa limpa onde nada lhe faltou para uma casa de pedra, enegrecida pelo fumo da lareira".E continuando, apelidam a família de "pouco cooperante", razão pela qual dois dos filhos do casal estão institucionalizados.Referem que a mulher raptora fez o que fez "por amor (...) para salvar a relação".

Mas está tudo doido?O que Alice fez foi uma enormidade, um crime de um egoísmo sem limites e de uma premeditação assustadora, não obstante o facto de não ter tratado mal a bebé enquanto esta esteve à sua guarda.Se os pais da bebé fossem de outro extracto social, será que os jornalistas iriam abordar o tema da mesma forma ou a raptora seria "linchada" em praça pública?Não é pelo facto dos pais da bebé serem pessoas modestas e terem dois filhos numa instituição que tal desculpa a acção da raptora. O que eles precisam sim é de ser ressarcidos do mal que passaram e de ser ajudados a criar o melhor possível a bebé, seja numa casa de pedra seja noutra qualquer.

Pequeno apontamento

Do que tenho visto por aí, em blougos e comunidades estrangeiras, concluo que:
As grávidas portuguesas são as mai lindas; mais bem arranjadinhas, mais giraças, mais bem vestidas, com melhor aspecto e os quartos e enxovais que preparam são também os mais aplicadinhos, orginais, divertidos, práticos, bonitos... anfan, ANFAN! ESTAMOS TODAS DE PARABÉNS PORQUE MERECEMOS! Está dito, pronto, uns abracinhos generosos para todas :')

quinta-feira, 15 de março de 2007

A lista

Agora que já liguei para o hospital do SAMS para saber o que é preciso levar na mala, temo bem que quando chegar o dia do parto tenha de ir nesta figura, tal é a quantidade de coisas necessárias.


(Foto tirada pela Tatas, em 2004 - INDIA)

A lista:

Para uso da mãe
Ø 3 Camisas de dormir, largas com botões na frente
Ø 1 Roupão
Ø 1 Par de chinelos de quarto
Ø Roupa interior (cuecas descartáveis e soutien de amamentação)
Ø Produtos de higiene pessoal
Ø Discos de protecção para os mamilos
Ø Cinta / Faixa
Ø Objectos pessoais, ex. livros, revistas, fotografias, etc.

Para uso do bebé
Ø Uma muda de roupa individualizada para quando o bebé nascer
Ø Uma muda de roupa individualizada para quando o bebé tiver alta (esta deverá conter 1 gorro e 1 manta ou xaile)
Ø 5/6 mudas de roupa para usar durante o internamento (de preferência de algodão, sem rendas e sem etiquetas). Cada muda deve conter:
1 Conjunto de roupa interior (verão: manga curta; inverno:manga comprida)
1 Babygrow ou conjunto cueiro/camisa
1 Casaco (verão:malha fina ; inverno:lã)
1 Par de meias ou botinhas
Ø 1 Tesoura e uma escova macia especificas para bebé

A paternidade

Conversa com o N.:


N- Que ursinho é este?
S- É um ursinho do Manel.
N-Mas está todo "parido". Não vês que tem uma orelha maior que a outra?
S- ... É o ursinho das diferenças, para ensinar os miúdos que há pessoas e bichos diferentes e a que a verdadeira beleza é interior.
N- .... As desculpas que inventam para vender produtos com defeito.

(o meu marido é a sensibilidade em pessoa nestas coisas).







segunda-feira, 12 de março de 2007

28 semanas

Muito sono! Muiiiiiiiiiiiiiito sono e mil sardas por todo o lado; desde a testa até aos dedos das mãos.
Ah! e o bigodinho que agora lhe deu para crescer desvairado? ein? pf

"nós os 3" - primeiro quadro pintado pelo papai :')

31semanas


31 semanas
Muitos kilos a mais
Tensão arterial boa
O bebé já deu a volta e está à boca da urna
A ansiedade começa a instalar-se mas apesar disso, estou bem disposta.

sexta-feira, 9 de março de 2007

Dos nomes autorizados pela Conservatória

Agora que ando em recolha de formulários e procedimentos para depois do bebé nascer, segurança social, abono de família, licença de maternidade, por curiosidade e acaso fui parar à página da DGRN - Direcção Geral de Registos e Notariado, mais concretamente a uns ficheiros em PDF que disponibilizam os nomes autorizados e não autorizados no registo de nascimento.

Aqui vos deixo algumas pérolas, apelando a que a atentem no preciosismo das observações após alguns nomes:

-A-
Abdénago; Afrânio ; Africana ; Agonia - só como elemento, precedido da partícula "da";
Aléxia- não "ALEXIA";

-B-
Branca Flor (sim, como a saudosa Cândida) ;

-C-
Castelo (como nome próprio, género Castelo António);
Um dos meus preferidos- CIRENEU- só no conjunto "SIMÃO CIRENEU"- senão nem pensar!!!; Corália ; Cordélia ; Cristina Ástride (é mesmo assim, esta conjugação, caso contrário, está fora de questão)

-R-
Na letra R encontramos algumas preciosidades, das quais destaco:
Requerino ; Remígio ; Rigoberto ; Ringo ; Rosebele

Podia continuar com tantos outros tesourinhos, mas opto por deixar o link para consulta e inspiração.

http://www.dgrn.mj.pt/civil/adm_nadm.asp

terça-feira, 6 de março de 2007

Crendices

sara says:
está um dia mesmo bom para ficar em casa a tratar das coisinhas do bebé, o que vale é que daqui a uma hora vou-me embora 8)
tatas says:
ai ai tanta roupa que ainda lá tenho para lavar, sara
sara says:
dele ?
tatas says:
sim, e queria lavar toda para depois lavar a minha
sara says:
eu dele ainda n o lavei nadinha, tatas! NADINHA!
tatas says:
para não misturar o skip nos entretantos, na engrenagem da máquina que já me fizeram ficar com a consciência pesada >:(
sara says:
eu queria tratar disso este fim de semana, mas se continuar este tempo não lavo nada :(
tatas says:
tb não se pode pôr na máquina de secar?
eu deixei as coisas a secar no estendal dentro da cozinha e secaram de um dia para o outro
sara says: :
isso aí eu nao queria fazer pq se pode estragar e tb nao tenho assim tanta pressa
tatas says:
na cozinha?
sara says:
ao q parece nao se pode estender é ao luar!
sara says:
nao pah, tenho medo q se estrague no secador
tatas says:
ao luar? :S
sara says:
sim!
tatas says:
ele há com cada demência!
sara says:
pq o bebé depois fica com a lua
sara says:
ahahahahahah
tatas says:
fica com a lua? :|
sara says:
sim :$
tatas says:
o que é isso? por deus :|
sara says:
nao sei :$
tatas says:
quem te conta tais crendices?
sara says:
colegas minhas
tatas says:
que tolice :')

Final Countdown

A chegada ao 7º mês, mais especificamente às 30 semanas, merece um balanço.

É nesta altura que como diriam os saudosos Europe, entramos no Final Countdown e essa contagem descrescente é particularmente evidente na urgência que sentimos em ter tudo pronto, o que no meu caso é muita coisa, porque o quarto do bebé ainda está um caos.


No capítulo Maleitas do mês destaco:


- Um cansaço absolutamente esgotante, que me leva a sentir quase a desmaiar se fico por exemplo muito tempo de pé.

- Dores nas costas.

- Sono, muito sono.

- Não ter posição para nada, especialmente para dormir.

- Uma barriga que pesa uma tonelada.


Preparo-me a partir do próximo fim de semana para tratar das roupas do Manel, à máquina e não à mão como me sugeriram já várias vozes mais conservadoras e fazer a mala para a maternidade.

Como discutia ontem com a minha companheira de blog Tatas, a avaliar pelas listas que tenho lido por aí, é melhor arranjar uma arca ou uma mochila de campismo bem grande para levar toda a parafernália descrita.


segunda-feira, 5 de março de 2007

Gostos musicais


O meu bebé gosta de Arcade Fire, está aqui aos pontapés enquanto ouço o advance do novo álbum.
Boas notícias: dia 3 de Julho esta banda vem cá e nessa altura conto já poder ir ao concerto :)

domingo, 4 de março de 2007

Preparativos

Como o tempo começa a ser menos do que aquele que pensava ainda ter, comecei, finalmente, a pensar mais a sério nalguns preparativos que têm que ser feitos de modo a ter tudo em ordem para receber o rapazola:
Arrumações no quarto que vai ser o dele e algumas lavagens de roupa bem como brinquedos, incluindo este peluche, meio pindérico é certo, mas com muita história e muito amore, visto que foi o meu primeiro ursinho :')

27 semanas