terça-feira, 30 de junho de 2009

Eu podia gravar uma birra deste Minúsculo

Mas entretanto encontrei uma birra igual no youtube e assim tive menos trabalho : )

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Basta

Uma pessoa demorar-se um pouco mais no duche, por ser dia da esfoliação semanal, para ficar sem saldo no telemóvel; este Minúsculo ligou para praticamente toda a gente do speed-dial! Pxé!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

"As crianças aprendem por imitação"

Este Minúsculo diz Obrigada em vez de Obrigado.
Passarei a falar mal para que ele aprenda a falar bem : )

Os 2 anos chegaram

E desde há uma semana para cá tem sido uma fita para ir para a escola. Desde que saímos de casa que vai o tempo todo a chorar e a dizer:
- Não quero escola!!!! Não quero Ana (a educadora).
Chegamos lá e o berreiro continua:
- Ao colo da mamã!!!!
Fico desfeita porque o deixo a chorar. Hoje lá se conseguiu distraír à janela a ver o cão e quando cheguei à rua já não chorava. Passa o dia bem, mas sempre muito agarrado à chucha e ao boneco.
Da escola dizem-me que as birras estão a começar. Ele que não era nada assim, basta contrariá-lo para começar a gritaria e o bater o pé.
Espero que seja uma fase temporária.

domingo, 21 de junho de 2009

Já há muitos meses

Que este Minúsculo não adoecia e não me pegava nada.
Estava tudo a correr bem demais; andávamos pelo país a passear, a ir à praia todos os dias, a comer gelados e ameijoas, enfim...
Tinha que ser este fim-de-semana para ficarmos os dois em casa fechados no dia mais comprido do ano, com os 30 graus de temperatura ambiente mais os 39 dos nossos corpinhos, enroscados um no outro porque, claro, o que é agradável nestas alturas é querer colo o dia todo : |
Culpo o ar condicionado, esse putedo!

esse antro de ácaros geradores de diferenças de temperaturas brutais mas essencial à sobrevivencia de qualquer criança que viaje naquelas cadeirinhas para os automóveis, horriveis as cadeiras porra! bem que podiam inventar algo mais fresco.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Uma semana sem o ver

Este blog está meio parado.
Eu estive de férias a 6000 kms de distância. Sem o meu filho que ficou cá com o pai. E digo-vos: não repito a experiência. Uma semana sem o ver. Foi muito duro. Quando voltei tudo me parecia novidade: a cara, a voz, nada parecia na mesma. Uma semana.
O M. está habituado a passar temporadas com os avós (fim de semana no máximo). Mas eu não estou habituada a estar tão distante dele e apesar de me considerar uma mãe bastante liberal e de ter um filho desenrascado e independente, foi um reencontro muito emocionado.
Basta uma semana para eles saberem novas palavras, fazerem frases completas e nos manifestarem que sentiram a nossa falta. Como?
M. - Mamã, senta aqui (dando palmadinhas no chão para eu me sentar).
Eu - A mamã é o quê?
M. - A mamã é linda (juro que aprendeu isto espontaneamente :P
Estou uma lamechas.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Profunda vénia

Um grande bem-haja a quem decidiu comparticipar o Singulair : )

Superloiras




É o que dá deixá-lo com o comando da televisão na mão.
Quando cheguei à sala, era este o canal escolhido.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Uma manhã

UMA MANHÃ INTEIRA!
Para este Minúsculo, sim sim, ele próprio, levantar o seu cartão de cidadão, porque da outra vez que eu lá estive, outra manhã inteira!, sentadinha a ler um livro e a ouvir as desgraças das outras pessoas, à espera que chamassem o meu número não mo quiseram dar; tem que ser o próprio a levantá-lo pessoalmente.
Três horas e meia depois de termos chegado, depois do sistema ter ido abaixo umas 20 vezes e depois de mais 20 peixaradas de uma senhora na fila que não nos queria dar prioridade, lá voltou para casa um cidadão, mas não sem a promessa de eu lá voltar ainda esta semana para corrigir os dados errados. 
Hoje teria sido um dia muito lindo para uma daquelas birras de se atirar para o chão e gritar desalmadamente, ter-me-ia dado um jeito do caraças!, mas não, esteve muito bem disposto. Enfim.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Hoje veio da escola com uma dentada no braço

Reparo que foi alguém sem caninos. Hummm.

Aquisição


Esta é a nossa mais recente aquisição. Um lavatório da Imaginarium que facilmente se encaixa e retira do rebordo da banheira para que o M. lave as mãos e a cara antes de sair de casa e antes de deitar. Tem tampa, espelho e copo e fica mesmo na altura ideal para eles. Acabaram-se as lavagens de mãos no bidé.
Custa 34.90 € e pode ser utilizado dos dois aos sete anos.
(foto retirada do site da Imaginarium)

Após três dias de festividades

E um de descanso, fomos hoje ao Soutôr para a consulta dos dois anos; está tudo muito bem, diz ele, inclusivé o facto de já estar no percentil 5 de peso (isto tem vindo a decrescer) - é muito activo, nada tema, mais saudável que isto que não há! - e pronto, meia hora e 15 euros mais tarde, este Minúsculo seguiu para a escola e eu para a farmácia: mais vacinas!
(Reforço da varicela e a primeira dose da hepatite A.)