segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Tratar

De um bebé, de um modo geral, já dá o seu trabalho. Tratar de um bebé sozinha dá ainda mais.
Tratar de um bebé doente-com-otite-e-dores-que-não-quer-comer-nem-dormir-irritadíssimo-
-que-se-contorce-de-tal-maneira-que-em-cada-muda-de-fraldas-rasgo-duas-até-lhe-conseguir-
-trocar-uma dá mais trabalho. Ora, tratar de um bebé doente-com-otite-e-dores-que-não-
-quer-comer-nem-dormir-irritadíssimo-que-se-contorce-de-tal-maneira-que-em-cada-muda-de-
-fraldas-rasgo-duas-até-lhe-conseguir-trocar-uma sozinha dá ainda mais trabalho.
Agora, tratar de um bebé doente-com-otite-e-dores-que-não-quer-comer-nem-dormir-
-irritadíssimo-que-se-contorce-de-tal-maneira-que-em-cada-muda-de-fraldas-rasgo-duas-até-
-lhe-conseguir-trocar-uma sozinha e também eu com uma otite/amigdalite é demais!DEMAIS!

ESGOTO-ME! O.o
Um dia que esteja mais de uma semana sem postar, corram em meu auxílio sff ahhaha

8 comentários:

Mamã Pirata disse...

òh céus!

Se pudesse "matava" estes virus todos que tanto mal fazem aos nossos bebés.

As melhoras rapidas.
Bjs-.

ritaR disse...

fizeste as mudanças de linha nos sítios certos? (não vale dizer palavrões em voz alta!)

o sebastião esteve assim há umas semanas.. a vantagem (unicazinha) é que quando melhoram, as noites sabem-nos tão, tão bem que parece estarmos de férias.

até lá, córage :-)

marta disse...

Pois, só mesmo coragem é que podemos dar. É que é mesmo difícl tratar de um puto sozinha e nessas condições é desesperante.
Estava aqui a pensar e nem uma dica tenho para dar.

beijinhos

Belita disse...

Cá por estes lados as coisas não andam muito melhores, mãe e filho doentes, mas com a vantagem de que já não existem fraldas para mudar!

Alexamaral disse...

As melhoras rápidas para mãe e filho. Como não posso ajudar, aqui deixo estas palavras. BJS

Gaivota disse...

:(

Mónica disse...

Bem, isso por aí não está nada fácil!!
Espero que tudo melhore rapidamente.
Bjinhos com melhoras.

rosase limão disse...

Pois é mesmo desesperante!!!
Comigo acontece o mesmo, o mal nunca vem só, vêem sempre 3 ou 4 juntos...e também desespero!!!
Coragem e força.
As rápidas melhoras...rapidíssimas de preferência.
beijinhos