quinta-feira, 4 de setembro de 2008

"São fases..."

Está a ser díficil esta reintegração do M. no infantário. A sala é nova, tem alguns colegas novos, mas as educadoras são as mesmas. No entanto, nestes dois dias, saí de lá com ele num pranto indescritível. Ontem esteve a chorar toda a manhã, não só porque provavelmente não lhe apetecia lá estar, mas também porque adormeceu e passado 20 minutos tiveram de o acordar para lhe dar o almoço.
O M. não é um bebé mariquinhas, é um porreiraço, que está quase sempre bem disposto e sorridente, só que esta fase de regresso ao infantário é dura para quase todos os miudos, sobretudo nesta idade em que é muito evidente a ansiedade de separação.
Se a nós adultos nos custa voltar ao trabalho passadas as férias, imagino a eles depois de férias, praia, mimos sem fim, rotinas menos rígidas...
Nós só não choramos quando chegamos ao emprego porque não podemos.
Em relação à fala, a última novidade é que diz "côcô" (assim mesmo, neste tom quase afrancesado) quando tem a fralda suja, o que alem de ser mais uma palavra, é muito útil.

5 comentários:

Ana Raquel disse...

Olá!
É naturalmente complicada a adaptação dum bebé à creche depois das férias... Passa pelo meu blog, fala um pouco disso..

beijinhos e força!

Sofia, Pedro e Joana disse...

Ooooh, será apenas uma fase...nós é que ficamos com o coração pequenino...
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

lucinda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pimenta rosa disse...

na creche da R., também estão todos um bocadinho stressados com o regresso, de manhã há sempre birrinhas, mas à tarde já estão tdos com um ar animado*

Kátia e Fábio disse...

E sem duvida complicado, engraçado que usas-te as mesmas palavras que eu em relação ao Fábio ficar a chorar no colégio, sim porque eu só não berrei e chorei e esperneie ao chegar ao escritório porque parecia mesmo mesmo mal, porque vontade não faltou...
Tenho o mimo para ti, afinal ganhas-te o "desafio" passa no blog!
beijos