segunda-feira, 17 de março de 2008

Cama nova


Desde que nasceu, o M. já vai na 3ª cama. Tem a quem saír: os pais, em quatro anos de casados já mudaram 3 vezes de casa.

Começou por dormir numa alcofa de verga que durou até aos 3,5 meses. Depois passou para a cama de grades que tinha sido do pai e essa mudança coincidiu com a entrada no seu quarto. Só que essa cama, apesar de muito gira, tinha dois grandes inconvenientes: a distância entre as grades era grande, o que fazia com que déssemos com ele com as pernas lá enfiadas e o estrado ficava muito alto em relação ao tamanho das grades. Como ele agora já se senta sozinho, já se agarra às grades e põe-se de pé (finalmente) e como a cama lhe dava pelo peito, estávamos a temer o pior pelo que hoje montámos uma cama do IKEA.

É uma cama enorme (parece um parque) óptima para ele e péssima para os pais porque como o estrado fica lá no fundo e dado que eu tenho 1,50 m de altura, quase que me atiro para o ir buscar lá abaixo. Mas bom, ele ficou todo contente, tem imenso espaço para se mexer e é uma cama boa para o deixar se for preciso eu me ausentar por uns minutos noutro lado da casa, sem ter medo que ele caia dali.

5 comentários:

Supertatas disse...

ah já se senta :D :D
então mais uma semana e já vai gatinhar!!
muahhaha que agora é que se acabou o sossego :P

entretanto desde que o minusculo se poe em pé que eu nunca mais me baixei.

reconheço essa foto ;)

Bruno Espadana disse...

estes olhos :')

Claudia_peixinha disse...

Pois o meu filhote faz o mesmo fica atravessado na cama de grades e coloca as pernas entre elas .A cabecinha não cabe lá(senão tb colocava).

Bjs ao teu bebé.

Mónica disse...

Revi-me no teu relato (naquela parte de ir lá ao fundo buscá-lo)... :)
Bjocas

Mãe da Tiz disse...

Lindo!!!