quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Update














Depois de muito tempo sem actualizar o blog e a pedido de várias famílias aqui vai.
Estas últimas duas semanas têm sido particularmente intensas, não só porque se aproxima o fim da baixa de maternidade mas também porque o M. evoluiu muito, no que respeita à comunicação, mas sobretudo relativamente ao movimento.
Já se vira sem qualquer ajuda e assim que se apanha de barriga para baixo levanta todo o tronco e fica a olhar para todo o lado num desassossego :)

Tenho-o deixado progressivamente na creche onde vai ficar a partir de Outubro e felizmente que se adaptou bem. Come e dorme e ri-se para as educadoras. Para mim foi um suplício deixá-lo lá da primeira vez, mas agora também já estou mais habituada.

Já não sei quem me dizia que precisamente quando os bebés ficam com mais piada, comunicando mais e brincando é a altura em que temos de os deixar ir para a creche. Mas não faz mal, aproveitamos ainda mais quando os temos ao pé de nós ao fim da tarde :)

4 comentários:

Supertatas disse...

a fraldinha :')

Carla disse...

Pois que já há muito tempo sentia falta dos teus comentários! Bem aparecida!

No que ao teu post diz respeito - e noto que não sou (ainda) mãe - sempre que pareceu que a questão do infantário é às vezes exagerada. Concordo que o ideal seria ficarmos com eles em casa, protegidos do frio e das doenças, mas a verdade é que as mães também trabalham e têm carreira profissional, e também contribuem para pagar as despesas da casa.

Por outro lado, existem já infantários muito bons, que lhes dão toda a atenção (embora não tão boa como a nossa). Mas imagino que deixá-lo lá pela primeira vez no infantário seja partir o coração.

Mas prefiro bem mais o infantátio do que deixá-los com uma empregada que não conheço e que enquanto muda a cama, limpa o pó e arruma a cozinha vai olhando por ele. A minha sobrinha tem 3 anos, está no infantário desde que a mãe acabou a licença de maternidade e está super desenvolvida, com uma vocabulário extraordinário e tudo.

Importante é depois, quando chegamos a casa , termos tempo de qualidade , aproveitar a festa do banho, etc...

:)

Pi

Patrice disse...

Gosto mto de ir tendo noticias do M.

Sofia Quintela disse...

É sempre isso que eu digo, quando eles começam a ficar mas giros é quando os temos de deixar!!!!