quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

Este presente

Deu-me a minha avó ontem, que diz ter-lhe sido muito amigo durante as suas gravidezes.
É editado pela Empresa Nacional de Publicidade, é do Dr. M. Ferreira de Mira, chama-se "Mãi e filho - a arte de ser mãi" e é de 1936.

Ás Mãis Portuguesas:
Escrevi êste livro pensando nas meninas portuguesas em idade de casar. Na visão que têm do seu futuro, aparecem-lhes criancinhas robustas, engraçadas e lindas a quem ternamente acarinham e que as tratam por mãi. Depois, quando já foi escolhido o homem que há de ser seu companheiro pela vida fora, alia-se, no espírito da menina, à imagem dêsse homem, de traços conhecidos, uma outra de vagos contornos mas de forte poder de sedução, que é a do primeiro filhito que hão de ter. Assim começa a mulher a amar o filho antes de o ter gerado. Mais tarde, quando aparece, êle apossa-se de tal modo do coração da mãi , que o afecto que ela lhe consagra se sobrepõe a todos os afectos, mesmo ao que dedica ao marido em cujos braços passou de menina a mulher. (...)


Ainda não li muito mais que isto, mas, a avaliar pelo prólogo, que é delicioso, advinha-se um livro muito apetitoso. Volta e meia talvez poste por aqui um ou outro apontamento que julgue interessante e de utilidade anacrónica :)

Mil perdões pela péssima qualidade da fotografia, a culpa é do meu telemóvel que é muito tímido, pobrezinho :(

5 comentários:

Ana disse...

q bonito :')
mas mãi?

Anónimo disse...

Fantástico e mto verdadeiro ;o)

muana disse...

que delícia...
aguardo mais excertos ;)

Anónimo disse...

Que delícia , mesmo!!!
:D

farrolas disse...

:)