quarta-feira, 17 de junho de 2009

Uma semana sem o ver

Este blog está meio parado.
Eu estive de férias a 6000 kms de distância. Sem o meu filho que ficou cá com o pai. E digo-vos: não repito a experiência. Uma semana sem o ver. Foi muito duro. Quando voltei tudo me parecia novidade: a cara, a voz, nada parecia na mesma. Uma semana.
O M. está habituado a passar temporadas com os avós (fim de semana no máximo). Mas eu não estou habituada a estar tão distante dele e apesar de me considerar uma mãe bastante liberal e de ter um filho desenrascado e independente, foi um reencontro muito emocionado.
Basta uma semana para eles saberem novas palavras, fazerem frases completas e nos manifestarem que sentiram a nossa falta. Como?
M. - Mamã, senta aqui (dando palmadinhas no chão para eu me sentar).
Eu - A mamã é o quê?
M. - A mamã é linda (juro que aprendeu isto espontaneamente :P
Estou uma lamechas.

6 comentários:

pekala disse...

é a velha história:nem com eles nem sem eles...tbm me considero mto à frente e tal e tal mas se passo uma noite sem o gajo parece que já nem durmo descansada...enfim...mas não deixo de o fazer!

Maria disse...

Serviu de "lição".
Se bem que não acho nada mal que de vez em quando as mães necessitem de "espairecer"
beijinho.

carmo pinto disse...

quando tem de ser ...mas prontos estás de volta e agora é só dar lhe muito miminho e atenção!
jinho

Joana disse...

viajo mto por razões profissionais. Custa imenso, mas por outro lado acho que faz bem e q e 1 importante aprendizagem... 1 semana e para mim o tempo limite. mas ja estive 10 dias... bom regresso!

Sonia,Filipe e Guilherme disse...

eu bem sei :)
como o Guilherme fica com os meus pais, por vezes tenho de o deixar ficar no Alentejo, quando eles vão para lá.
Mas são sempre 5 dias sem o ver....no fds vou logo a correr para o ver! Mas custa tanto!!!!

ishia disse...

Oooh... que fofo... =)